Menu

Diretores do Dmae em Uberlândia são presos em operação que investiga fraude em contratos

01 MAR 2018
01 de Março de 2018
Dois diretores e um ex-diretor do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) foram presos preventivamente nesta quarta-feira (28) em Uberlândia.

Os mandados de prisão preventiva foram cumpridos durante a 2ª fase da Operação "Poseidon", que investiga irregularidades em contratos celebrados entre a autarquia e a empresa Araguaia Engenharia, bem como desvio de recursos públicos superiores a R$ 8 milhões.

Foram cumpridos os mandados em desfavor do diretor-geral adjunto e ex-vereador da cidade, David Thomaz Neto, do diretor-técnico do Dmae, Carlos Henrique Lamounier Borges, e contra o ex-diretor geral do departamento em 2012, Epaminondas Honorato Mendes. Eles serão levados para o Presídio Professor Jacy de Assis.

Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa dos suspeitos nos bairros Martins, Osvaldo Rezende e Fundinho. As investigações são conduzidas pelo Ministério Público Estadual (MPE) por meio do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) de Uberlândia.

Por telefone, a assessoria de comunicação do Dmae informou ao G1 que ainda não vai manifestar sobre o caso, pois não teve acesso aos fatos. A reportagem não localizou a defesa de Epaminondas Honorato Mendes.

Além dos dois diretores presos nesta quarta, o ex-servidor do Dmae e que ocupa cargo na Secretaria Municipal de Obras, Manoel Calhau Neto, o presidente da Araguaia Engenharia na época dos fatos, Daniel Vasconcelos Teodoro, e o engenheiro João Paulo Voss que foram presos temporariamente no último dia 19, receberam mandados de prisão preventiva nesta quarta-feira (28). Eles permanecem presos no Jacy de Assis. 

O advogado Diogo Hemmer que defende o sócio-proprietário da Araguaia, Daniel Vasconcelos Teodoro, disse ao G1 que teve acesso à denúncia sobre o caso no fim da tarde desta quarta-feira (28), e que em razão disso, estará analisando o processo para definir a estratégia de defesa.
Já a defesa do engenheiro João Paulo Voss, não atendeu as ligações na noite desta quarta (28).


Voltar


Tenha também o seu site. É grátis!